VINHOS QUE TRADUZEM A ITÁLIA

Selecionamos 9 rótulos, trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora, que revelam regiões clássicas da Itália.

Um dos países mais ricos em cultura e arte do mundo, a Itália também conta com impressionante histórico na produção de vinhos e gastronomia em geral. O país está localizado em excelente posição geográfica e apresenta vários microclimas e solos, diversidade que favorece a produção de rótulos com personalidade. Coberta de videiras de ponta a ponta, ostenta mais de dois mil tipos de uvas nativas que originam vinhos versáteis, muitos deles venerados mundialmente.

Atualmente a Itália é o maior produtor de vinhos do mundo, posto que rivaliza ano a ano com a França. Entre as inúmeras regiões de destaque do país, vamos falar sobre oito denominações de onde as importadoras Porto a Porto e Casa Flora trazem exemplares de personalidade e que estão entre os prediletos do consumidor brasileiro.

Do Piemonte, considerado a Borgonha italiana pelos clássicos Barolo e Barbaresco, surgem preciosidades de outras denominações que usufruem das características de clima e solo dessa região literalmente “aos pés do monte”. Lá estão produtores com alto potencial e que elaboram vinhos de grande caráter, como o Poderi Luigi Einaudi. No Vêneto, nordeste do país, terra imortalizada por Shakespeare em Romeu e Julieta, está a Cantina Bertani que elabora vinhos típicos da mais alta qualidade. O cuidado meticuloso nos vinhedos e o trabalho na cantina são fundamentais para o sucesso de rótulos como os que levam a assinatura da vinícola.

Em direção ao sul está a Toscana, que mescla com maestria tradição e modernidade. Lá estão produtores de vinhos únicos, elaboradas com grande qualidade e autenticidade, em pequenas produções. Entre as mais conhecidas regiões está Chianti, uma das primeiras no mundo a receber uma Denominação de Origem Controlada (DOC). Logo abaixo está o Lazio, cuja capital é Roma, e de onde vêm os famosos vinhos brancos Frascati, como os elaborados pela Cantina San Marco. As características do solo vulcânico da região e as altitudes de até 400 metros o tornam excelente para a produção de uvas brancas como Trebbiano e Malvasia.  

Logo ao lado temos Abruzzo, região já ao sul da Itália conhecida pelas inúmeras reservas naturais. Lá o destaque é a uva Montepulciano, pelo caráter condimentado e frutado que confere à bebida, além da suave acidez. A vinícola Caldora possui vinhedos localizados na área de Ortona, um microclima muito especial entre a Costa Adriática e a Montanha Maiella. 

Mais ao sul, na Campânia, está o hoje adormecido Monte Vesúvio, que no passado gerou um solo maravilhoso para a viticultura. Lá está a vinícola Vesevo, que possui 60 hectares em um microclima muito especial. Ao lado temos a mundialmente famosa Puglia, região ensolarada onde as uvas amadurecem plenamente e produzem vinhos redondos e com taninos adocicados. Destaca-se o produtor Luccarelli, que elabora rótulos modernos com notável expressão que conquistam admiradores por todo o mundo.

Para finalizar o passeio, chegamos a ilha da Sicília, região de inúmeras uvas nativas e excelentes condições climáticas. Lá está a Cantina Cellaro, localizada próxima ao assentamento histórico de Sambuca di Sicilia. Algumas videiras estão a até 700 metros de altura e em condições ideais para o desenvolvimento e amadurecimento das variedades autóctones e internacionais. A seguir nossa sugestão de vinhos para você passear pela Itália apreciando a tipicidade de cada uma de suas regiões vinícolas.

Barbera DOC Luigi EinaudiBarbera Piemonte DOC | Piemonte  – Vinho tinto elaborado na região do Piemonte pelo produtor Cantina Poderi Luigi Einaudi com a uva Barbera, conhecida por elaborar vinhos estruturados e acessíveis. Amadurece por 12 meses em barrica de carvalho e posteriormente na adega antes da comercialização. Apresenta aromas de frutas vermelhas e negras maduras. Em boca é frutado, com corpo médio e taninos refinados. A graduação alcoólica é de 14,5%.   Preço sugerido: R$263,36

 

Valpolicella DOC | Vêneto – Vinho tinto elaborado pela Cantina Bertani no Vêneto, na região Valpolicella Clássica, com as tradicionais uvas da região Corvina Veronese e Rondinella.  Apresenta aromas ameixa, framboesa, cereja e especiarias. Em boca é seco, possui corpo médio, taninos macios e bem estruturados e final longo. A graduação alcoólica é de 13%. Preço sugerido: R$ 120,00

Chianti Clássico Villa Cerna DOCG | Toscana – Vinho tinto elaborado pela Cantina Cecchi & Figli, na Toscana, com as uvas Sangiovese (95%) e Colorino (5%). Apresenta aromas de frutas maduras e floral. Em boca é seco, com boa acidez, taninos finos e final equilibrado. Amadurece em barricas de madeira por 9 meses e passa pelo menos 3 meses na adega antes de ser comercializado. A graduação alcoólica é de 13,5%. Preço sugerido: R$148,90

 Frascati DOC San Marco | Lazio – Vinho branco elaborado pela Cantina San Marco, na região do Lazio, com as uvas Trebbiano Toscano, Malvasia di Candia, Malvasia del Lazio e Bonvino. Apresenta aromas de frutas frescas e toques florais. Em boca é seco, corpo leve e com intensa acidez. Equilibrado e muito refrescante. A graduação alcoólica é de 12%. Preço sugerido: R$ 58,00

 

Caldora Yume.jpgCaldora Yume Montepulciano D’Abruzzo DOC | Abruzzo – Vinho tinto italiano elaborado pela Cantina Caldora com a uva Montepulciano, na região de Abruzzo. Amadurece por 6 meses em barricas, sendo 60% francesas e 40% americanas. Possui aroma de frutas vermelhas, notas de flores secas e especiarias. Em boca é seco, encorpado, com boa acidez e taninos abundantes, porém macios. DOC significa Denominação de Origem Controlada. A graduação alcoólica é de 13,5%. Preço sugerido: R$153,52  

Vesevo Taurasi DOCG | Campânia – Vinho tinto elaborado pelo produtor Vesevo na Campânia, sul da Itália, com a uva Aglianico, que combina bom tanino com acidez fresca. Taurasi é a única DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida) do sul da Itália. Apresenta aroma de frutas vermelhas, especiarias e anis. Em boca é seco, encorpado, possui taninos finos e abundantes, final longo e intenso. A graduação alcoólica é de 13,5%. Preço sugerido: R$238,48

Campo Marina Primitivo Merlot IGPCampo Marina Primitivo Merlot IGP | Puglia – Vinho tinto elaborado pelo produtor Luccarelli na região da Puglia, sul da Itália, com as uvas Primitivo (50%) e Merlot (50%). Apresenta aromas de frutas como cereja e morango e especiarias como canela. No paladar é seco, possui corpo médio, boa acidez, taninos macios e final longo. Amadurece em barricas de carvalho francês e americano entre 6 e 8 meses. IGP significa Indicação Geográfica Protegida. A graduação alcoólica é de 13,5%. Preço sugerido: R$123,12

Luccarelli Primitivo di Manduria Old Vines DOP | Puglia – Vinho tinto elaborado na região da Puglia com a uva Primitivo, de videiras antigas, entre 60 e 70 anos. Amadurece em barrica de carvalho francês e americano, de primeiro e segundo usos, por 12 meses. Apresenta aromas de ameixa e cereja, notas de tabaco, chocolate e pimenta. Em boca, é aveludado, com taninos finos e macios. DOP significa Denominação de Origem Protegida. A graduação alcoólica é de 14%. Preço sugerido: R$281,00 

Micina IGP | Sicília – Da belíssima ilha da Sicília vem esse vinho tinto de aromas frutados com notas de especiarias como pimenta, elaborado com as uvas Nerello Mascalese e Nero d’Avola, pelo produtor Cantina Cellaro. No paladar é seco, encorpado, apresenta boa acidez, taninos muito bem estruturados com final longo. Amadurece por 6 meses em barrica de carvalho. A graduação alcoólica é de 13%. Preço sugerido: R$ 122,24

Importadora Porto a Porto www.portoaporto.com.br  | facebook.com/portoaporto  instagram.com/portoaporto  | @portoaporto

 

Anúncios

Sobre alicevarajao

Sou jornalista, portuguesa radicada no Brasil. Vivo e trabalho em Curitiba e de quando em quando viajo para conhecer novos sítios, cidades, vinícolas e restaurantes. Trabalho com Assessoria de Imprensa e criei meu próprio site há mais doze anos. Divulgar a arte e cultura. Este é para o segmento de Gastronomia e Turismo. Pois a culinária e cozinha de um povo também é cultura e o turismo nos traz conhecimento e aprendizados com hábitos e costumes diferentes. Vamos ao trabalho!
Esse post foi publicado em Vinhos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s