ESPUMANTE, O VINHO INDESPENSÁVEL

 

Tempo de escolher e decidir o que ter para a Ceia e para o Brinde de Passagem de Ano reunidas aqui seis sugestões para brindar 

Os espumantes são vinhos que foram elaborados de maneira especial para que o gás carbônico natural da fermentação fosse preservado – as deliciosas bolhas que “picam” a língua dando uma sensação agradável de frescor. O estilo dessa bebida surgiu na França, no século XVII, e ela é sinônimo de glamour e da arte de bem viver, além de símbolo dos franceses. Muitos foram os personagens da história que ajudaram a construir sua fama, como Napoleão Bonaparte, declarado admirador da bebida e que ajudou a disseminá-la por onde passou.

Basicamente são duas as técnicas de elaboração: o método Champenoise (também chamado clássico ou tradicional), a partir do qual todos os champanhes são produzidos – vale lembrar que só podem ser chamados assim os vinhos oriundos da região francesa homônima. Nele a segunda fermentação acontece na própria garrafa. Até o surgimento do método Charmat, no qual a segunda fermentação se dá em tanques de aço inox (só depois é que vai para a garrafa), era apenas dessa forma que se faziam os espumantes. Vale dizer que o Charmat foi inventado no fim do século XIX, mas apenas em 1907 foi patenteado pelo francês Eugène Charmat. Como as características artesanais encarecem o processo, e consequentemente o produto final, o surgimento das práticas industriais levaram a um alcance muito maior de admiradores dessa fantástica bebida borbulhante.

Para você brindar o Ano Novo com requinte e começar 2017 da maneira inesquecível, separamos uma listinha com seis sugestões que poderá auxiliar na escolha do espumante. Todos os produtos são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora.

Espumante Bairrada Brut.jpgEspumante Bairrada DOC Brut –Espumante seco e delicado, elaborado pela Caves Messias, na região da Bairrada, em Portugal, com as uvas Baga, Bical e Chardonnay. A Bairrada possui o melhor terroir do país europeu para a elaboração de espumantes. É produzido pelo método tradicional (segunda fermentação na garrafa), possui aromas de frutas maduras com notas de tostado, é equilibrado e apresenta ótima acidez. É excelente como aperitivo, além de acompanhar muito bem peixes, frutos do mar e saladas leves. A graduação alcoólica é de 12,5%.  Preço sugerido ao consumidor: R$50,00.

3B Filipa Pato.jpg3B Rosé Filipa Pato  – A enóloga portuguesa Filipa Pato se destaca no cenário vitivinícola mundial pela qualidade de seus vinhos, elaborados da maneira mais natural possível para manter a tipicidade do local onde são produzidos. O 3B Rosé (das uvas Baga e Bical, produzido na Bairrada) é um exemplo de espumante elegante, refrescante e que deixa aquele gostinho de “quero mais” a cada taça. Elaborado pelo método tradicional, com segunda fermentação na garrafa. Seco, frutado e com ótima acidez. Excelente sozinho ou acompanhado por salmão ou frutos do mar. A graduação alcoólica é de 12%. Preço sugerido: R$74,00.

Cava Don Román Brut.pngCava Don Román Brut  – Nesse cava seco a variedade de uva predominante é a Xarel.lo, mas também fazem parte da composição a Macabeo e a Parellada. É elaborado pelo método tradicional e amadurece 9 meses sobre as borras. Na degustação apresenta bolhas pequenas que formam fina perlage. Em boca apresenta-se muito agradável, com toques de maçã, possui boa acidez e larga persistência. É muito agradável, fresco e vivaz. Deve ser servida entre 6 e 8ºC. A graduação alcoólica é de 11,5%. Preço sugerido: R$50,00.

Veuve du Vernay BRUT.jpgVeuve du Vernay Brut –  Localizada na Borgonha, França, os vinhos da Veuve du Vernay são elaborados seguindo a tradição francesa da Maison Patriarche. As melhores uvas são rigorosamente selecionadas e dão origem a esse espumante elaborado com Sauvignon Blanc, Colombard e Chardonnay. Produzido através do método charmat, com a segunda fermentação em tanques de inox, antes de ser engarrafado, apresenta aromas de frutas, como pêssego e abacaxi. Em boca, possui bom corpo, final macio, frutado, longo e agradável. Ideal para ser servido como aperitivo, com peixes ou queijos finos. A graduação alcoólica é de 11%. Preço sugerido: R$72,00.

espumante-nieto-senetiner-brutEspumante Nieto Senetiner Brut  – Elaborado em Luján de Cuyo, na célebre região de Mendoza, na Argentina, esse espumante de Pinot Noir apresenta excelente acidez, o que o torna um espumante complexo de aromas intensos. Caracteriza-se pelas notas mineral, de brioche, flores brancas e frutas maduras. Em boca é seco, possui acidez equilibrada, corpo médio e final elegante. Elaborado através do método charmat, com a segunda fermentação em aço inox, antes de ser engarrafado. É ideal para ser servido com aperitivos ou para acompanhar carnes brancas, peixes e mariscos. A graduação alcoólica é de 12,5%. Preço sugerido: R$74,00.

Prosecco Cassal del Ronco.pngProsecco Cassal Del Ronco – Vinho espumante italiano elaborado a partir da uva Glera (antigamente chamada Prosecco) na zona de produção DOC Prosecco, pela Cantina Castellargo, através do método charmat, com segunda fermentação em tanques de inox, antes de ser engarrafado. Apresenta aromas que remetem a frutas cítricas, com notas florais. Na boca destaca-se pelo frescor e pela boa estrutura. Ideal para acompanhar aperitivos e pratos delicados, como risotos. A graduação alcoólica é de 12%. Preço sugerido: R$71,00.

Produtos disponíveis nos melhores mercados, lojas e delicatessen da cidade.

Dicas 

Para uma degustação plena, é muito importante servir o champanhe ou o espumante na temperatura correta (algo entre 8 e 12º C).  Apresentamos três sugestões que podem ser úteis no serviço desses vinhos. 

1) Para gelar um champanhe ou espumante que estava fora da geladeira em meia hora basta colocá-lo em um balde com água gelada e pedras de gelo – não precisa nem sal, nem álcool.

2) Geralmente a taça e o espumante estão em temperatura diferentes, então sirva dois dedinhos em cada taça para que o copo comece a gelar e, em seguida, complete com o líquido até a altura desejada.

3) Tente não sacudir demais a bebida, pois quando ela perde gás, perde qualidade. Ou seja, a não ser que você vença um campeonato de Fórmula 1, não chacoalhe a garrafa.

Importadora Porto a Porto   portoaporto.com.br  |  facebook.com/portoaporto  instagram.com/portoaporto  | @portoaporto

Sobre alicevarajao

Sou jornalista, portuguesa radicada no Brasil. Vivo e trabalho em Curitiba e de quando em quando viajo para conhecer novos sítios, cidades, vinícolas e restaurantes. Trabalho com Assessoria de Imprensa e criei meu próprio site há mais doze anos. Divulgar a arte e cultura. Este é para o segmento de Gastronomia e Turismo. Pois a culinária e cozinha de um povo também é cultura e o turismo nos traz conhecimento e aprendizados com hábitos e costumes diferentes. Vamos ao trabalho!
Esse post foi publicado em Vinhos e espumantes. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s