LATICASTELLI UMA HOSPEDAGEM PARA A CELEBRAÇÃO DA SEMANA SANTA NA TOSCANA

Hotel, a meia hora de carro de Siena, propicia fácil acesso a várias cidades que oferecem procissões, missas e encenações que celebram a data 

Mais do que um feriado prolongado que culmina na degustação de ovos de chocolate, a Páscoa é, para os italianos, uma celebração especial. No país cuja cultura está profundamente ligada ao catolicismo, a festividade, diferentemente do Brasil, se estende por cinco dias – começa na quinta-feira (13 de Abril), quando as igrejas realizam o ritual de lava-pés, e segue até segunda (17 de Abril), a chamada lunedi dell’angelo (segunda-feira do anjo), dia em que se comemora o encontro do anjo com Maria Madalena no sepulcro.

De norte ao sul do país, as paróquias e suas belas igrejas honram os últimos dias de vida e a ressurreição de Cristo das mais variadas formas: procissões, encenações teatrais, shows de fogos de artifício e, claro, missas. E a região da Toscana é especialmente tomada por um sem-fim desses eventos nas ruas, igrejas e mesmo na casa dos moradores. Para acompanhar a intensa programação da Páscoa toscana, que é uma demonstração ímpar de fé e beleza inclusive nas menores cidades, uma boa opção é se hospedar no Laticastelli Country Relais, hotel estrategicamente localizado a meia hora de carro de Siena e a 1h15 de Florença, que inicia sua 10ª temporada no dia 3 de Abril. Nesse período, as diárias custam a partir de € 195 para duas pessoas, incluindo café da manhã, estacionamento e impostos.

O primeiro dia da Semana Santa, 13 de Abril, é ideal para os viajantes visitarem as igrejas, sobretudo nas cidades de Lucca e Arezzo, que com flores fazem uma decoração toda especial para a ocasião. Já na cidade de Castiglione di Garfagnana, a Igreja de San Michele organiza à noite a Processioni dei Crocioni (procissão da cruz), onde homens vestidos como Jesus Cristo circulam pelas ruas carregando grandes cruzes. E em Assis, na região da Úmbria, mas facilmente alcançada por quem está circulando pela Toscana, a noite de quinta-feira é marcada pela Scavigliazione, celebração, na Catedral de San Ruffino, em que uma imagem do Cristo morto é retirada da cruz. Na manhã seguinte (14 de Abril, Sexta-Feira da Paixão), esse “corpo” é levado, em procissão, da catedral para a famosa e frequentadíssima Basílica de São Francisco. À noite, essa imagem de Cristo encontra a da Mãe Adorada, num percurso que mais uma vez leva milhares de pessoas às ruas de Assis.

A sexta-feira santa também rende um belo espetáculo em Grassina, a 15 minutos de Florença, que realiza a maior encenação da paixão de Cristo da Toscana, reunindo cerca de 500 figurantes. Numa tradição de mais de 300 anos, moradores vestidos como soldados, centuriões, fiéis e apóstolos, sem contar os imponentes cavalos, se revezam no desfile que corta o centro da cidade e conta a história do martírio de Cristo. Os espectadores acompanham o desenrolar da via-crúcis andando, a qual termina com a representação da crucificação no alto de um pequeno morro. A apresentação começa às 20h30 e é paga (ingressos entre € 6,50 e € 20). Em menor escala, as cidadezinhas de Chianciano Terme, Sinalunga e Montepulciano também realizam suas encenações que aludem à paixão de Cristo.

Ainda na sexta-feira, uma missa em Castiglion Fiorentino conta com a encenação da última parte da via-crúcis – a ressurreição –, justamente a parte mais aguardada da cerimônia. Nesse momento, uma estátua de Cristo “sobrevoa” a nave da igreja, enquanto as luzes do templo vão se acendendo como forma de comemorar a volta de Cristo. Na cidade de Pienza, por sua vez, um dos destaques é a procissão noturna com a estátua do Cristo morto, encabeçada por 12 fiéis encapuzados e descalços que levam tochas acessas e desfilam acompanhados de uma banda. Também à noite, a Procissão da Santa Cruz, em San Gimignano, é comandada pela Irmandade da Misericórdia, que, a partir das 20h, avança pelas ruas da cidade com seus inconfundíveis trajes.

No domingo de Páscoa (16 de Abril), os festejos ficam mais alegres, já que esse é o dia que marcaria a volta de Jesus do reino dos mortos, selando definitivamente o perdão de Deus à humanidade. Logo ao raiar do dia, em Porto Santo Stefano, junto ao Monte Argentário, ocorre a tradicional procissão do Cristo Redentor, que junta fiéis e barcos ancorados no porto, os quais ecoam sua sirene em alto e bom som para comemorar esse dia festivo. Em Prato, a Páscoa traz à baila um ritual do século 12, a Ostensione della Sacra Cintola, a apresentação do sagrado cinto de Maria, cuja apresentação é feita no púlpito da catedral local às 18h.

Mas é mesmo Florença que sedia o evento mais famoso da Páscoa da Toscana: o Brindellone, ou scoppio del carro (explosão do carro), uma das mais antigas tradições florentinas, que provavelmente remonta aos tempos da primeira cruzada e a conquista de Jerusalém. Um carro – o tal brindellone, que mais parece uma torre andante – é puxado por bois enfeitados e desfila em procissão, junto ao Fogo Sagrado, até a Piazza del Duomo, endereço da monumental catedral de Florença. Ao fim do cortejo, um fio de cobre é estendido entre o carro e o altar principal do templo e, quando a cerimônia religiosa chega ao fim, é aceso o estopim que provoca a explosão do carro tomado de fogos de artifício. O fogo representaria a purificação, ou seja, tem tudo a ver com o renascimento proposto pelo período da Páscoa.

Quem continua com fôlego e curiosidade para conhecer as festividades relacionadas à Páscoa ainda terá a segunda-feira (17 de Abril) – a lunedi dell’angelo (segunda-feira do anjo), que também é feriado na Itália –, para perambular pela Toscana.

Um dos eventos mais bonitos, e antigos (remonta ao século 13), rola na cidade de Santa Maria al Monte. Dedicada à beata Diana – que segundo uma lenda teria transformado pães em flores para fazer uma doação e, depois, flores em pão para saciar a fome dos pobres –, uma procissão reúne centenas de mulheres, que descem a colina da cidade carregando flores e pães para homenagear a antiga benfeitora. Em Bibbona, a comemoração não tem nada de religiosa, mas é igualmente bacana. Lá, à tarde, ocorre a Festa del Cedro, que mescla jogos, degustações e concertos na praça. À noite, às 21h30, a atração é o Palio delle Botti, desfile em que para ganhar um prêmio, representantes dos cinco distritos do município têm de empurrar pesados barris pelas ruelas da vila de Piazza Vittoria.

Sobre o Laticastelli –    Originalmente um castelo construído no começo do século 13, o Laticastelli foi parte de uma série de fortalezas remotas que protegiam o sul de Siena. Após ser reconstruído e transformado em hotel, agora conta com 33 confortáveis suítes equipadas com ar-condicionado, frigobar, aparelho de DVD, internet, telefone e wi-fi gratuito em todas as áreas comuns e nos apartamentos. Algumas delas têm ainda sala e cozinha. A mobília rústica de origem camponesa se mistura com portas e janelas antigas e muros de pedra, que contrastam com suas modernas acomodações. Além disso, em muitas tardes são oferecidas degustações de vinhos da região na adega do restaurante La Taverna.

Mais informações podem ser obtidas em www.laticastelli.com  ou com os principais operadores e agências de turismo.

Anúncios

Sobre alicevarajao

Sou jornalista, portuguesa radicada no Brasil. Vivo e trabalho em Curitiba e de quando em quando viajo para conhecer novos sítios, cidades, vinícolas e restaurantes. Trabalho com Assessoria de Imprensa e criei meu próprio site há mais doze anos. Divulgar a arte e cultura. Este é para o segmento de Gastronomia e Turismo. Pois a culinária e cozinha de um povo também é cultura e o turismo nos traz conhecimento e aprendizados com hábitos e costumes diferentes. Vamos ao trabalho!
Esse post foi publicado em Gastronomia, TURISMO, Vinhos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s